Vilas
Últimos assuntos
» [MISSÃO - RANK D] - SCHIÖN
por VonSocrätes Ontem à(s) 11:45 pm

» Treino de Satoshi - Bijuu 2
por Choxi Ontem à(s) 8:48 pm

» [Área de criação] - Satoshi
por Choxi Ontem à(s) 8:43 pm

» Moradia - Satoshi
por Choxi Ontem à(s) 8:37 pm

» Campo de treinamento - Satoshi
por Choxi Ontem à(s) 8:11 pm

» [TREINO] - SCHION
por Yuuko Kanoe Ontem à(s) 6:38 pm

» Takafumi, hora de recuperar oque perde!!! Em busca de conhecimento
por Takafumi Ontem à(s) 4:53 pm

» Missão Rank B - Semedo
por Semedo Ontem à(s) 3:35 pm

» Peça seu Elemento Secundário
por Kimo Ontem à(s) 3:27 pm

Parceiros











AoTAoT
Naruto Fase X Jogo e sistemas Grupo FX - © CopyRight 2008/2016 - Todos os direitos reservados. Personagens e desenhos © CopyRight 2002 by Masashi Kishimoto - Todos os direitos reservados.

Uma viagem sem volta

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 10/7/2017, 10:33 am



Slink Jr, Acordava muito feliz, naquele dia em especial, o jovem teria um privilégio que nem todos podiam adquirir, ele iria treinar com o seu pai. Em algumas conversas de anos atrás, Sink pai havia prometido que quando seu filho concluísse a escola ninja iniciaria um treino intenso com o mesmo, lhe levando para grandes aventuras compartilhando um objetivo único. O jovem menino saía do seu quarto onde dormia, tomava um banho, vestia seu traje ninja novinho em folha e passava pela sala de estar se despedindo de sua mãe que segurava um presente em suas mãos. Em um tom duvidoso, Slink Jr. Perguntava o que ela escondia, e a mesma respondia dizendo que era o seu primeiro armamento ninja.
Após isso Slink Jr. Sentava-se  na mesa e comia um pão com ovo quentinho, quando em um momento inesperado Slink pai surgia na porta de entrada chamando-o para iniciarem sua jornada juntos. O filho levantava-se, despedia-se de sua mãe e ia embora com a mentalidade de que era uma viajem sem volta, mas uma viajem que valeria a pena.


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 10/7/2017, 10:49 pm

Alguns anos se passavam, mudanças intensas ocorriam em toda Kumo, o governo a pouco havia se reinstaurado e a guerra que perecia contra Kiri depois de tantos anos chegava ao fim, era um tempo de restauração para Kumo, um tempo vívido onde tais floresciam as jovens sementes que recém se formavam na academia, os prodígios iam surgindo substituindo cargos de antigos Elite mortos durante o tempo de dominação, grupos começavam a surgir como a ANBU e a Força Kinkaku, porém, tudo ainda era muito noviço, e antigos guerreiros que tiveram como sua última batalha a guerra das cinco nações se aposentavam das vidas agitadas para viverem no campo, Slink havia enviado uma carta para seu filho fazia um tempo, ele apenas não tinha noção disso, a saída inesperada do rapaz de sua residência faz a mãe despertar um sentimento antigo, relembrando da carta momentos antes do rapaz sair pela porta.
Mãe
- Espere meu filho!
- Seu pai me pediu que lhe entregasse isso assim que se formasse
- Foi a última coisa que ele deixou...
Com um olhar melancólico ela entregava o pedaço de papel para o garoto, ele podia ver que apesar de velho, ainda estava lacrado, a mulher dava um último abraço antes de vê-lo partir, debulhando-se em lágrimas ela não continha seu afeto.

Slink... Puxa, já faz tanto tempo que não sei como expressar as palavras, é difícil estar tão longe a tanto tempo e não tem palavras para descrever o remorso que sinto, mas algo me interessou imensamente desse mundo que nos rodeia, em uma de minhas aventuras eu tive o prazer de conhecer criaturas magníficas que fizeram do meu ser um homem melhor, não digo de poder, mas sim de espírito, sinto-me conectado com a natureza, é um novo patamar sem igual como qual se atinge, queria muito que estivesse comigo, sorrindo e partilhando momentos, mas ainda há muita coisa que eu quero fazer e eu quero que você aprenda isso da mesma forma que eu, você ainda é fraco e jovem, mas como toda pedra preciosa, precisa ser polido e tratado até se chegar no resultado final, para me encontrar você deverá passar por muitos caminhos difíceis, e para onde estou te mandando você vai aprender coisas fundamentais para sua viagem, espero que aproveite bem tudo que eu reservei para você, quero que me procure assim que estiver pronto. 
Um barco espera você no porto de Ottogakure, fale com Porthos, o navio dele se chama "A Vingança da Rainha Elizabeth" diga que Slink mandou um abraço para seu velho companheiro, sua viagem já está paga.
- Com Amor, Slink...

avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 11/7/2017, 9:39 am

Slink Jr. parava na porta por um momento e escutava a voz de sua mãe que pedia para o menino esperar, então o jovem ninja virava de frente para ela novamente e dizia:
Slink Jr:
--Nossa...
--Não estou acreditando nisso.

O garoto caminhava na direção de sua mãe e bruscamente pega a carta de suas mãos. Lendo-a, o menino não podia deixar de se emocionar, uma lágrima escorria do seu rosto e o desejo de honrar o nome que carregava aumentava ainda mais.
Ao terminar, Slink Jr. balançava sua cabeça com um sinal de positivo para sua mãe e saía pela porta com o pé direito, esse era o momento em que finalmente sua aventura ninja começava. Sem mais nem menos o garoto corria na direção dos portões da vila para sair e ir em direção de Otto.


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 11/7/2017, 10:11 am

Após noticiado, o garoto decide seguir o destino que seu pai reservara, preferindo não treinar ou se preparar para a viagem até Otto. Muitas caravanas seguiam da cidade para lá, eram caminhos que estas seguiam que poderia ser usado pelo garoto para seguir viagem, contudo, Otto não era uma aliada propriamente de Kumo, estavam em paz, mas o tráfego de ninjas não era permitido a menos que tivesse um motivo plausível para tal. Slink Jr seguia pela rua principal, esbarrando com antigos ex colegas de Academia, até chegar no portão, onde os guardas barram sua passagem.
Guarda 1
- Posso saber aonde está indo?
avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 11/7/2017, 10:24 am

Slink Jr. seguia na direção de Otto com um enorme entusiasmo, mas infelizmente nem tudo eram flores, ao se aproximar do portão o garoto era barrado por um guarda:

Slink Jr.
--Se eu dissesse que não, você me barraria?
--Mas enfim, estou saindo para treinar na floresta, logo estarei voltando.
--Meu nome é Slink Jr, o mais novo Gennin da vila!


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 11/7/2017, 2:55 pm

O guarda olhava sério para Slink após seu questionamento, o segundo que estava a proteger o portão, este atrás de Slink, cutuca o rapaz nas costas, ao se virar, o garoto podia ver que o homem tinha uma coleção de cicatrizes pelo braço e pelas pernas, sua aparência era grotesca e aterradora, era um homem com quase 2 metros de altura com músculos presentes em seu corpo inteiro.
Guarda 2
- Volte antes do anoitecer, a caravana vem ai e junto com ela vem importantes conselheiros
- A cidade vai estar fechada para recebê-los, esteja aqui antes disso ou será caçado como fugitivo.
avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 11/7/2017, 3:38 pm

Slink escutava atentamente a fala dos guardas, todo cuidado era pouco para aquela aventura e todos os precauções tinham que ser tomados. Então o jovem menino somente balançava a cabeça e seguia correndo na direção de Otto. Por mais que o garoto não tivesse herdado o clã do seu pai, ele era inteligente como o mesmo, tinha uma noção estratégica absurda e um pensamento lógico extremamente rápido. Então Slink Jr. criava um Bunshin que ficaria treinando na floresta enquanto o original iria para a vila do som. Antes da efetuação do Jutsu, o menino tomava o cuidado de estar 100% furtivo e sozinho no local. Após isso, para continuar o caminho Slink Jr. utilizava Henge no jutsu e se camuflava como um jovem ninja de Kumo.


Henge no Jutsu (Técnica de Transformação)
Descrição: Técnica básica de transformação. Você assume a forma de outra pessoa ou objeto. Útil para missões de espionagem, etc.
Nota: Doujutsu consegue claramente ver por esse Genjutsu.
Custo: 1 chakra
Causa: Se transforma em pessoas ou objetos que o úsuario desejar.
Duração: Até o usuario desejar
Chance de acerto: 95%

Bunshin no Jutsu (Técnica de Clones)
Descrição:Técnica
básica que consiste na criação de clones falsos do ninja. Os clones não
podem atacar e servem somente como distração. A chance do oponente lhe
acertar cai em uma certa porcentagem para cada novo bunshin.
Nota: Jutsu inútil contra Doujutsus como Sharingan e Byakugan.
Nota: Esses clones não podem atacar, são somente um modo de distração.
Custo: 1 chakra para 3 bushins
Causa: Cria clones irreais
Duração: Até serem desfeitos pelo oponente ou pelo úsuario
Chance de acerto: 75%


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 11/7/2017, 7:01 pm

Slink Jr saia para fora da vila, logo esbarrando com as imensas montanhas que rodeavam a vila, o país estava cheio delas e em muitas rotas serviam como proteção e ocultação para nukkenins. O garoto saia de sua vila, recém formado e desprotegido, com poucas habilidades e além de tudo, sozinho, era como um banquete para ladrões, seguindo para Otto não demora muito para que hajam emboscadas, de um modo simplificado, o grupo se escondia nas montanhas acima das nuvens, onde olhos humanos nus não conseguiriam enxergar, algumas armadilhas montadas com fios de aço estavam plantadas no solo, cruzando o trajeto e se prendendo em pedras de lados opostos, quando Slink passa ele sente o fio enroscar em sua perna, o tempo é pequeno para que ele possa reagir, uma arma presa de forma furtiva por detrás da rocha dispara quando ele tropeça, uma flecha vem em sua direção, pequena porém rápida, ela carregara um veneno que em poucos segundos fora capaz de fazer o garoto desmaiar, depois disso, sua visão ficou escura, ele só podia aceitar e abraçar a escuridão, caindo num sono profundo.
Slink Jr. acordava em um ambiente totalmente novo, para falar a verdade, ele nem ao menos conseguia analisá-lo com perfeição, o rapaz estava amarrado em uma árvore, com a parte de baixo de seu torso afundado na lama, os braços estavam presos e esticados para trás, olhando para frente ele podia ver uma planície que emitia um intenso barulho de gargalhadas, conversas e música, de lá também eram emitidos feixes de luz, de vez em quando pedaços de madeira voavam de lá, cadeiras quebradas, barris detonados ou canecas quebradas, parecia estar havendo uma festa por ali, era notório pelo barulho, podia se chegar à conclusão de quem Slink Jr. estava amarrado em uma vala, junto dele, estava outro garoto, porém Slink não conseguia vê-lo ou tocá-lo, ele nem podia ter certeza de que havia alguém ali, pois tentar comunicação não era possível já que sua boca estava amordaçada com a sua bandana. Slink Jr. passava um tempo ali amarrado e amordaçado sem ter o que fazer, até que os gritos se silenciam e ele podia ouvir uma voz grossa falando no meio da multidão.
Desconhecido 1
- ACALMEM-SE IRMÃOS!
- hOJE É UM DIA DE FESTA
- NÓS MERECEMOS COMEMORAR HOJE POIS FINALMENTE CONSEGUIREMOS NAVEGAR
- DEPOIS DE TANTOS ANOS ROUBANDO NÓS FINALMENTE CONSEGUIMOS CONSTRUIR O NOSSO NAVIO
- HOJE NÓS IREMOS PARA O CONTINENTE NEGRO!

Multidão
- AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
- UHUUUULLLLL
- VIVA BORIS!
- VIVA AO NOSSO LÍDER!

Boris
- ACALMEM-SE IRMÃOS!
- NÓS IREMOS PARTIR AMANHÃ E LEVAREMOS OS DOIS ESCRAVOS CONOSCO!

Multidão
- AEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE
- UHUUUULLLLL
- VIVA BORIS!
- VIVA BORIS!



avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 11/7/2017, 7:20 pm

Slink Jr. estava totalmente desnorteado, não entendia nada do que estava acontecendo ali, então em um gesto oportuno o garoto usa Nawanuke no jutsu para desamarrar todas as cordas que prendiam seus braços. Mesmo após livrar seus membros superiores o menino não se movia para não ativar nenhuma armadilha, então antes de qualquer movimento o jovem olhava aos seus arredores e começava a pensar em alguma forma de sair da lama. Após algum tempo pensando, Slink Jr. chegava a uma conclusão, ele estendia seus braços pra cima e suas bandagens começavam a se desamarrar formando um tentáculo em cada braço, estes mesmos tentáculos buscavam uma superfície qualquer em que pudessem se prender e quando achassem algo, os mesmos iriam impulsionar o garoto para cima com o intuito de escapar dali. Tudo isso é feito com o máximo de furtividade possível, o jovem ninja aproveita o barulho da festa para fazer com que ninguém percebesse, por precaução, antes de tudo Slink Jr. ativava Mobaku Sajin e anulava todos os jutsus de rastreamento que podiam estar sendo feitos nele.


Mobaku Sajin: Noizu  (Formação da Areia Extensa de Cegueira: Ruído)
Descrição: O usuário espalha várias partículas de areia em uma área definida, impedindo a habilidade do inimigo de sensoriar alvos. No entanto, esta técnica aparenta funcionar apenas em alvos que estão focados no usuário da técnica. O nome desta técnica faz um trocadilho com a palavra Deserto (Sabaku).
Custo: 15 Chakra
Causa: Anula técnicas de rastreio e detecção sendo utilizadas no usuário
Duração: 1 turno

Nawanuke no Jutsu (Técnica de Escapatória)
Descrição: Um ninjutsu básico que permite que o ninja desamarre cordas.
Causa: Desamarra cordas
Custo: 1 Chakra
Duração: 1 turno

Houtai Kattaa (Bandagens Cortantes)
Descrição: Hiruko pode desdobrar as bandagens de seus braços e usá-las como tentáculos para ataques de longo alcance. As bandagens são tão fortes que podem facilmente cortar rochas.
Custo: 10 Chakra
Causa: 10 Dano
Duração: 1 Turno


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 11/7/2017, 9:17 pm

Slink planejava tudo para sua fuga desesperada, utilizando uma arte básica para se desprender das cortas, ele afrouxava o nó que a prendia, não era muito difícil de sair, quem teve de amarrá-las não se dera o trabalho de aperta bem o nó ou realizar uma segurança maior, todo o barulho estava focado naquela planície, as pessoas festejavam e badernavam, o mais curiosos era a iluminação que aos poucos aumentava no local, ia se espalhando por toda uma extensão, até que boa parte da floresta era iluminada, isso ajudava Slink a achar um local para se puxar com as bandagens, não era difícil porém, com a luz as silhuetas das árvores ficavam mais demarcadas, dando a ele a possibilidade de acertar o alvo com mais precisão, as bandagens se prendiam à arvore e começava a puxar o garoto, a lama persistia em ficar em seu corpo e o puxava para baixo, ela mais grudento do que o comum, era como uma goma, ele aos poucos conseguia se livrar, puxando-se para mais perto da árvore que estava com as bandagens, o outro garoto que estava junto de Slink acordava com a agitação, era um rapaz da mesma idade, com olhos cabelos negros e um físico bastante definido para sua idade, ele acordava desnorteado, sem entende muito bem aonde estava, mas diferente de SLink Jr, ele estava algemado com correntes com alguns símbolos incrustados, a falta de iluminação e atenção para com as escrituras tivera um fim trágico, aquele garoto começava a fechar a cara, uma estranha aura esverdeada começava a ser emitida de seu corpo que por sua vez estava aumentando de tamanho, até que os braços ficavam grandes demais para caber dentro das algemas, ele estava ficando enorme, naquela proporção de crescimento, ele facilmente passaria dos 2 metros de altura, contudo, a algema em instantes começava a brilhar em resposta da agitação e da força que tentava quebrá-la, uma queimação aguda se inicia fazendo aquele garoto interromper sua transformação para gritar de dor, com o grito do rapaz, a barulheira acima da planície para, um barulho acima da árvore que antes SLink estava preso revela que havia ali um guarda que antes estava dormindo, ele carregava um violão em suas mãos, ele olhava para baixo para ver o que aconteceu, e ao perceber que Slink Jr. havia escapado ele salta sobre o rio de lama enquanto dava acordes em seu violão alertando o resto do bando.
Guarda
- Maldito rato!
- Ele escapou!!!
Alguns sinos badalavam e tochas eram acesas em todos os cantos do acampamento, os homens começavam a se espalhar carregando armas, eles desciam a planície por todos os lados cercando Slink Jr. ele tentava correr, mas o caminho logo a frente estava bloqueado por uma pilha de caixas e logo atrás dela uma dupla de guerreiros, as possibilidades de fuga eram nulas, consequentemente, o grupo achava rápido Slink Jr.
Boris
- Maldito ratinho, tentando fugir da gaiola...
- QUEM DEIXOU ELE ESCAPAR?
Desconhecido
- Acho que foi o Jimmy Caolho senhor!
Boris
- Maldito, o que estava fazendo para deixá-lo escapar!?
Jimmy Caolho
- Erm... Senhor eu estava... tirando um cochilo.
Boris não se demonstra contente com a resposta do caolho, ele saca sua arma de dentro do coldre na cintura, com um rápido movimento com as mãos ele gira a armas três vezes ao redor de seu dedo, não demorando mais do que dois segundos para fazer as três voltas, e a cada volta, ele dava um disparo no homem, um mais acima do que o outro, o primeiro acertava na barriga, o segundo bem no meio do peito, e o terceiro acertava na testa, era uma combinação de velocidade e astúcia impressionantes, mostrando que o chefe era alguém que ninguém se atrevia a enfrentar, o homem trajava um longo manto negro, seu chapéu era um chapéu de pirata, e por cima do rosto ele utilizava uma máscara de crânio.
O homem voltava a subir a planície, com um comando de mão os homens entendem o que ele quer dizer, Slink era rapidamente capturado e pelado de volta até sua posição inicial, só que dessa vez ele era algemado com correntes de metal, elas ficavam presas à arvore.
Guarda 1
- Nunca imaginei que esse garotinho magricelo fosse conseguir escapar do meu nó de marinheiro
Guarda 2
- Tá de palhaçada?
- Aquele seu nó é ridículo, você fala que aprendeu com seu pai
- Que ele era um grande pirata do continente negro
- Mas aposto que ele é só um merda de um pescador fracassado
- Buahahahahaha!
O guarda não se sente feliz com o que o amigo fala de seu pai, rapidamente, ele desfere um soco no homem que cai no chão, sem nem questionar, o segundo se levanta e parte pra cima do seu amigo, os dois começavam a lutar encima da, jorrando sangue e alguns dentes para os lados, eles espalhavam ainda mais o barro, causando a maior sujeira em Slink Jr. Agora ele estava preso novamente, algo sendo muito mais difícil de escapar, ele podia ouvir novamente o barulho da festa acima da planície, fora isso, apenas o barulho dos socos dos guardas que se matavam na porrada e do ronco do garoto que estava também amarrado do lado oposto da mesma árvore.
Boris

Shakuton


Última edição por Winter em 15/7/2017, 8:01 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 11/7/2017, 9:31 pm

Slink Jr. percebia que a força não seria o melhor jeito de sair dali, ele deveria utilizar a lábia para tentar mostrar para aqueles trogloditas que não deveria ser tratado daquela forma. Visto que aqueles homens também eram marinheiros, provavelmente eles poderiam conhecer Porthos que era o homem o qual o menino procurava, e consequentemente, eles poderiam conhecer Slink pai. Então o jovem ninja olhava para cima para falar com o ninja que estava acima dele:

Slink:
--Hahaha, pelo visto vocês me pegaram...
--Mas então, eu tenho certeza que nem você nem eu queremos ficar aqui parados esperando
--Então vamos pelo menos aproveitar o tempo de vida que ainda me resta para conversar...
--Vocês conhecem alguma pessoa chamada Porthos? Ele é um marinheiro também, do ramo de vocês.


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 12/7/2017, 8:31 pm

Slink Jr. tentava dialogar com o homem que agora ocupava o cargo de vigia do antigo falecido, a aquela altura os dois guardas que estavam por socar um ao outro na lama já haviam desmaiado, eles afundavam pouco a pouco mas ninguém se mostrava disposto à salvá-los. O garoto que estava marrado com Slink Jr. continuava se mexendo, tentando sair de alguma forma, mas as algemas eram resistentes, especialmente as dele, que continuam selos de contenção de chakra. O ninja acima da árvore que estava encarregado de cobrir os dois prisioneiros não falava nada inicialmente, desde o momento em que havia subido ali ele estivera afiando sua espada, porém, o escuro impedia Slink Jr de ver mais do que os sapatos do homem que estavam por fora dos ramos de folhas da árvore, ao ouvir o nome de Porthos, ele gargalha, o ninja em um movimento rápido realiza um corte com sua espada, ela passa rente à parte de cima da cabeça do garoto e então crava no tronco da árvore, a espada era constituída de diversos triângulos afiados colocados em sequência, o que fazia a arma se igualar a dentes de tubarão.
Hoshigaki HammerBreak
- GWAHUWGWGAGWGAGAGWG!
- Porthos?!
- Deve estar afundando em algum lugar do Oceano
- Ele e aquele amigo dele da vila do som
- Malditos ratinhos que deixamos naufragados para alimentar os tubarões
- AGWGAGWGAGWGAWA!
O ninja se aproximava mais um pouco da luz, mostrando sua feição, ele gargalhava muito, se lembrando do momento que descrevera.

Após exibir seu sorriso coberto de dentes para o garoto, ele voltava para o topo da árvore, puxando sua espada para junto de si novamente, ele voltava a afiá-la.
Hoshigaki HammerBreak
- Agora quieto pequeno rato
- Ou a próxima eu garanto que não vai passar tão longe da sua cabeça!
O homem cortava a conversa, se mostrando não estar disposto a continuá-la, restando para Slink apenas a opção de aguardar o novo dia chegar.
avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 12/7/2017, 8:56 pm

Slink Jr. em partes ignorava o perigo que estava passando, o menino tinha confiança em si mesmo e tinha quase certeza de que no final tudo se sairia bem. Então com uma enorme serenidade o menino dizia:

Slink Jr:
--Seria incômodo perguntar quem era esse outro ninja que estava com Porthos?
--Ou pelo menos como ele era? Tive um parente que segundo alguns amigos meus morreu com a perna cortada por piratas...
--Já que nunca mais vou poder agir por vontade própria, creio que tanto faz pra você responder ou não.

Após isso Slink esperava um tempo e testava a resistência da árvore em que estava preso, o menino não pretendia arrancar a árvore, mas sim o pedaço de madeira em que a algema estava presa.


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 12/7/2017, 9:58 pm

O garoto falava muito, desafiando a sorte que tinha, o aviso dado pelo homem não servira de nada para o garoto, era como se nem tivesse o dito, mas para aquele que havia feito não estava de brincadeira, o rapaz voltava a abrir sua boca, tentando dialogar mais e tentar saber do passado de talvez um possível familiar, o homem responde, porém de outra forma, a lâmina passa rente ao rosto de Slink Jr. e corta para o lado, a arma crava na árvore produzindo um som estrondoso, a arma simplesmente afunda no tronco por estar bastante afiado, o rapaz sente uma imensa dor no lugar de sua orelha, e não demora muito para que ele entendesse o por que, afinal, ele estava vendo ela caída na lama logo à sua frente, o homem puxava sua arma que cortava a árvore como uma faca corta o pão, retalhando a madeira.
Hoshigaki HammerBreak
- Não entendeu o que eu falei pequeno rato?
- Espero que assim possa me ouvir
- AGWGAGWGAGWGAWAW!
A cabeça do rapaz doía bastante após a pancada, ele desmaia com a dor, era difícil suportar naquelas condições, ele facilmente capota, e só acorda no dia seguinte, com lama lhe cobrindo os pés, ele estava sendo carregado por um homem duas vezes maior, estava sem camiseta e com sangue seco por todo o braço esquerdo, ele sentia uma forte dor no antigo local onde havia sua orelha, por falta de cuidados, o ferimento estava aberto de forma grotesca, escorria um liquido de secreção misturado com pus. Ele podia ver diversos ninjas marchando, para algum lugar que ele ainda não sabia, mas ao olhar um pouco em volta já dava para se ter noção, o barulho das águas se chocando contra a baía, o piar das gaivotas acima de sua cabeça, o cheio da água salgada do mar, ele também conseguia ver alguns ninjas de Otto, recebendo dinheiro dos criminosos, um tipo de suborno que estava permitindo a passagem deles despercebida pela vila.
Boris
- Sim senhor!
- Estamos partindo e vocês recebendo o dinheiro
- Ninguém nos viu aqui, é o acorde, certo?


Guarda 1
- Sim, isso mesmo, 5 mil ryous para cada cabeça
- Com isso, a nação nunca viu vocês por aqui...


Eram cerca de três guardas trajando as vestes de Otto, por outro lado, havia mais de 30 ninjas alí, ao redor dos homens, eles se aproximavam ainda mais, dando um instinto de defesa para os ninjas do som, mas não tarda para que dois deles sejam silenciados com facilidade, seus pescoços eram cortados com um movimento rápido de sabres, deixando sobrar apenas um ninja de Otto.


Guarda 2
- Ar!
- Malditos! O que vocês estão fazendo!
- Esse não era o acordo!


Os piratas começavam a caminhar para o píer, lá no fundo havia um imenso navio, Rugido do Leão Juba Crespa, era o nome talhado no fundo dele, todos começavam a embarcar, exceto pelo capitão que ficava encarando o guarda que tremia.


Boris
- Não tem acordo nenhum seu pequeno ratinho!
- Somos piratas, renegados
- Não seguimos ordens!
- AGORA COMEÇA A NOSSA ERA NOS MARES
- OS PIRATAS DE BORIS!


Boris pegava o homem peço pescoço, aos poucos ele ia se desidratando, até chegado momento que as vestes nem mais cabiam no guarda, e no último instante seu corpo estava tão magro que os ossos demarcavam todo seu corpo, totalmente desidratado, ele morria com os olhos virados para cima, Boris atirava o corpo morto na água, tubarões emergem e devoram o corpo deixando para trás apenas as roupas rasgadas. O bando todo subia no navio, e em pouco tempo eles começavam a navegar, Slink Jr. estava em uma cela no fundo do navio, diferente do outro garoto que estava com ele na mesma cela, estava isento de algemas ou correntes que pudessem prendê-los.
avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 13/7/2017, 1:56 pm

Slink não sabia mais o que fazer, suas opções pareciam estar indo embora e cada vez mais ele estava perto da morte. Visto que o único ato que o menino podia realizar no momento era esperar, o jovem ninja ia em direção ao prisioneiro que estava algemado, sentava-se em sua frente e dizia:

Slink Jr.
--Então meu amigo, quem é você?
--Ao meu ver você tem habilidades superiores as minhas.
--Eu nem estou algemado, já você esta preso em um fuuinjutsu...
--Mas enfim, precisamos nos aliar


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 13/7/2017, 11:07 pm

Slink estava preso junto com o garoto naquela cela, o local de alojamento era deserto, haviam outras dezenas de cela pelo local preenchendo um corredor que seguia até terminar em uma jaula mais ao fundo, a iluminação era péssima pois a única que provinha era dos raios de sol que passavam pelas grades da janela, todo o local tinha um cheiro podre de peixe com água salgada, pior que isso era a aparência, por ser muito convidativa, até mesmo os guardas se rejeitavam a ficar ali dentro, as paredes eram de madeira mofada e coberta de musgo, as quinas entre as paredes e o chão era repleta de mofo, musgo, restos de comida e alguns insetos mortos, lá também havia diferentes coisas achadas no mar, como pedras, areia, conchas, estrelas do mar e algas, isso também se estendia por todo o chão, porém a água quem cobria em abundância, não havendo lugares secos para se sentar, apenas a madeira úmida. O teto era repleto de musgo também, porém o que mais incomodava eram as goteiras que criavam, tornando os barulhos de pingos caindo na madeira os únicos naquela parte do navio, enlouquecendo a qualquer um. 
O companheiro de cela de Slink estava desgastado, seu corpo estava muito mais magro do que no dia anterior, seu rosto estava enrugado e com olheiras, ele não havia conseguido dormir durante aquela noite, isso a julgar pela posição em que estava alojado, com os braços erguidos, suas algemas estavam presas à parede, aquele suporte não havia sido feito para pessoas de baixa estatura, visível pois o garoto não conseguia esticar os braços para sentar no chão, sendo obrigado a permanecer ajoelhado para conseguir se confortar, ele estava com os olhos fechados quando Slink Jr começou a falar, em momento algum o garoto abriu os olhos, ele falava com uma voz rouca e fraca, seus lábios estavam rachados dando a certeza de que já estava a bastante tempo sem beber nem sequer um gole d'água.


Desconhecido
- Eu...
- Sou... Ryuu.
- Capturado quando estava ajudando uma amigo...
- A chegar...
- Em um laboratório...
- Arf Arf...
- Não tem como sair...
- Não tem...
- Como...


Ele não tinha forças para falar, deixando Slink sozinho, sem ter muito o que fazer, ele tinha tempo livre para analisar ainda mais o local, com os olhos agora acostumados com a escuridão ele conseguia notar algo diferente no fundo do corredor, separado de todas as celas, estava a mais ou menos 4 celas de distância da de Slink, uma pequena jaula, a qual poderia abrigar uma pessoa adulta a menos que estivesse agaixada, da jaula saiam dois braços e duas pernas que a julgar pela musculatura pertenciam à de uma mulher, isso se torna mais certo quando pode se notar os longos cabelos negros saindo para fora junto com um vestido de cor amarelada, estava encardido e repleto de musgos assim como as partes da mulher que estavam para fora da jaula, era como se ela estivesse se tornando parte do navio, pois este conseguia camuflá-la muito bem, olhando de longe não era possível notar que havia alguém ali, mas pelas condições que a mulher se encontrava, podia se chegar à conclusão de que ela estivesse ali por anos. 
Guardas começam a descer as escadas antes que Slink Jr. pudesse fazer ou dizer algo, a luz bate contra o corpo daquele que vinha na frente, acompanhado por dois que vinham logo atrás, todos de aparências semelhantes, trajando um capuz que cobria a cabeça, armaduras que cobriam as pernas e um coldre amarrado na cintura no qual carregavam equipamentos de pesca e utensilhos ninjas, cada um segurava uma lança em mãos, e o líder do grupo avançava pelo corredor de celas arrastando a ponta da lança pelas grades produzindo um som metálico, podia se ver melhor agora, não só sua fisionomia mas como sua cor, era ciano repletos de escamas, o rosto deles eram de peixe, com dentes afiados e olhos amarelados que emitiam certo brilho, eram seres abissais.






Escamadris Guelraverde
- GISH!GISH!GISH!
- Maldito sssssseja Borissssss nossssss ter mandado aqui para vigiar os ratossssssss
- Essssssse lugar é...
- Repugnante...
- Eu sssssugeri que eles ficasssssssem na ala de alojamentosss, pelo menossss não teríamossss que ficar aqui nesse fedor
- Sssssssentem esse cheiro de peixe?


BarbaBronze Barbatanas
- Claro imbecccccccil!
- Você é um peixe!


Escamadris Tocadeiro
- HIHAHIAIHAHIHIAHIA!
- Issssso ai imbecccccccil! Você é um peixe!


Escamadris Guelraverde
- Não idiotasssss
- Fala do cheiro de peixe podre por aqui...
- Ssssabem o que significa?


BarbaBronze Barbatanas
- Ssssignifica que você não tomou banho?
- HIHAHIAIHAHIHIAHIA!



Escamadris Tocadeiro
- HIHAHIAIHAHIHIAHIA!


Escamadris Guelraverde
- Urh, imbeccccis...

Os dois guardas continuavam a rir do líder, e os três permaneciam no começo do corredor, bem abaixo da porta que dava acesso ao andar de cima.
avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 14/7/2017, 9:43 am

Slink Jr. via que todos os homens pareciam distraídos e insatisfeitos com o local, então o garoto rapidamente bolava uma estratégia genial. O que ele iria fazer podia botar em custo muitas coisas, entretanto, era extremamente necessário. Aqueles velhos marujos com cara de tubarão com certeza iriam querer o que Slink tinha a oferecer, então ele ativava Oiroke Shin no Jutsu enquanto todos estavam distraídos. O jovem ninja disfarçado começaria a seduzi-los e atraí-los para dentro da cela provocando-os com poses sensuais e falas. O objetivo seria sempre fazer com que os marujos entrassem na cela com segundas intenções indo tarados na direção da mulher. Para fazer com que a estratégia tivesse ainda mais chances de dar certo o menino levantava-se, ia até a grade e se exibia para os homens.




Caso essa estratégia funcionasse, quando todos estivessem ali dentro o garoto utilizaria um jutsu de paralisia em todos, prendendo-os com uma força absurda, e então, quando todos estivessem surpresos com tudo o que havia acontecido Slink Jr. faria uma pergunta:

Slink Jr. (Mulher):
--E então, o que acharam do meu show?

Provavelmente revoltados, todos responderiam a pergunta, entretanto, não esperariam que tudo seria uma armadilha, então aproveitando que todos estariam presos, menino pegaria as chaves do barco rapidamente (e automaticamente a chave das celas) e sairia trancando-os la dentro. Ao sair, Slink Jr. faria mais uma pergunta provocante obrigando-os a responder:

Slink Jr. (Mulher)
--Com certeza amaram não é mesmo?
--E então, o que tem a dizer?


Quando os marujos respondessem, alguns simples selos seriam feitos para ativar Hiden no Jutsu que os deixaria calados e em silêncio para que não entregassem sua fuga.


Oiroke Shin no Jutsu (Novo Jutsu Sexy)
Descrição: Uma versão melhorada do Jutsu Sexy, onde Naruto se transforma em uma garota com roupa de diabinha em uma posição provocante.
Dano: -20 Resistência Oponente
Custo: 20 Chakra
Duração: 1 turno
Limite: 2 Vezes por Combate

Kanashibari no Jutsu (Jutsu de Paralisia)
Descrição: Uma técnica em que restringe um inimigo fisicamente como se ele estivesse amarrado por fios invisíveis. A técnica dura por muito pouco tempo, cerca de meio minuto, tempo o suficiente para o usuário contra-atacar ou fugir. É um Ninjutsu em que a intensidade varia de acordo com a habilidade do usuário. Pode ser usada em vários inimigos simultaneamente, mas para manter o Jutsu uma quantidade de Chakra maior é utilizada.
Custo: 20 Chakra
Causa: Oponente Imóvel
Duração: 1 Turno
Limite: 1 Vez por Combate

Hiden Jutsu - Kuchi no In no Jutsu (Jutsu Secreto - Jutsu do Silêncio)
Descrição: Quando o usuário faz o selo da técnica, ele deverá fazer uma pergunta ao alvo. Se o inimigo responder, ele ficará mudo por um tempo indeterminado até que o usuário desfaça o selo.
Custo: 10 Chakra
Causa: Oponente Mudo Temporariamente
Duração: 3 Turnos


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 14/7/2017, 8:47 pm

Slink planejava uma forma ousada para conseguir sair da cela, ele chegava a ideia inusitada de tentar um dos jutsus mais inúteis de sua biblioteca, quem sabe naquele instante ela pudesse ter alguma utilidade. Ele se transformava em uma mulher formosa, por não estar preso com algemas ou algo que restringisse seu corpo ele seguia até o portão da cela, o mais próximo que ele conseguia dos guardas, que ainda sim, estavam longe, eles continuavam conversando porém armados, a voz do garoto interrompe o diálogo dos peixes que não se demonstram tão satisfeitos com isso, o líder do grupo praguejava a mulher enquanto seguia com sua lança empunhada pronto para utilizá-la, porém, no instante em que se aproxima para golpear Slink Jr, o peixe olha a garota de cima a baixo não acreditando do que estava vendo, em seus poucos momentos de sanidade ele olhava para os lados procurando o segundo garoto, afinal, ele somente via Ryuu na cela, já o outro... Bem, era uma mulher agora e as informações passadas para os guardas não eram estas.

Escamadris Guelraverde
- Ei galera, venham veeeer!


Barbabronze Barbatanas
- O que foi infelizzzzzzz, não consegue calar a boca de uma garoto...

O restante dos guardas se juntavam resmungando, mas a voz destes ia ficando fraca conforme analisavam melhor a mulher dos pés a cabeça, Barbabroze e Tocadeiro se entreolhavam, confusos inicialmente, porém logo abriam um largo sorriso malicioso em seus rostos.

Barbabronze Barbatanas
- Heeeey! O que é isssssssso!?
- O chefe nos mandou pra cá para vigiar os doissss garotossssss
- Masssssss o que essssssa mulher fazzzzz aqui?

Escamadris Guelraverde
- Não sssssei... Hehe... talvezzz ela seja a diversssssão dele!

Escamadris Tocadeiro
- RIARIARIARIA!
- Issssso, diversão! O chefe adora assss mulheressss da superfíccccie

Barbabronze Barbatanas
- O que acham?!
- Ela está nos chamando... Hehe! 
- Acho que o chefe não dá atenção o suficiente a ela
- RIARIARIARIARIARIA!

Escamadris Guelraverde
- Hehe! Acho que não fazzzz mal aproveitar um pouco
- Afinal...
- Ele nos mandou vir para esssse lugar ssssujo
- Issssso vai compenssssssar

Escamadris Tocadeiro
- RIARIARIARIA!
- Vamos aproveitar, RIARIARIA!

Os guardas entravam em um consenso geral, entrar na cela para que pudessem aproveitar a cortesia de seu trabalho, o plano de SlinkJr. ia bem até certo ponto, a porta era deixada aberta, eles não tinham o mínimo de cuidado com o que poderia acontecer, os três estavam loucos e atiravam suas armas ao chão com rapidez enquanto continuavam tirar tudo o que tinham, o líder do grupo agarrava Slink no braço e puxava para perto de seu corpo, ele podia sentir as unhas enormes da criatura, as escamas e sua pele úmida e fria, sem falar no insuportável bafo podre. Ia tudo dando certo no plano do garoto, ele estava pronto para prender os guardas quando uma forte e gélida corrente de frio atravessa o corredor, ela produzia um ruído de sussurros e passa empurrando musgos e água que havia pelo setor, quando a corrente bate em Slink e nos Guardas todos vão ao chão, Slink Jr tem sua transformação desfeita, ele começava a sentir uma forte dor de cabeça, sussurros intensos que pareciam até mesmo milhares de vozes falando em sua mente, isso se repetia com todos os guardas, fazendo-os gemer de dor e praguejar contra Slink Jr. Eles se levantavam empunhando as lanças.

Barbabronze Barbatanas
- Maldita mulher! O que fez conosssssssc...

Escamadris Guelraverde
- Dessssgraçada! Eu vou te matar!

Eles olhavam pelos arredores procurando a mulher, mas só viam Slink Jr a frente deles.

Barbabronze Barbatanas
- EI! ESSSSSSSE É O SSSSSEGUNDO GAROTO
- CADE A MULHER?!

Escamadris Guelraverde
- SSSSEU BURRO, A MULHER ERA ELE, ELE NOS ENGANOU!

Barbabronze Barbatanas
- MALDITO SSSSSEJA! VAMOSSS MATÁ-LO!

Escamadris Tocadeiro
- É, VAMOSSSSSSS MATÁ-LO!

Escamadris Guelraverde
- Não sssssejam essssstúpidosss!
- O que iremosssss dizer pro chefe depoisssss de matá-lo?!

A escuridão parecia maior a medida que o tempo passava, a corrente gélida havia parado porém o frio só aumentava, se podia ver os pingos de água que escorriam pelo teto aos poucos virarem gelo até que criavam estalactiteslongas e afiadas, ninguém percebia isso além de Slink Jr. o local começava a escurecer, porém ainda era meio dia, os guardas paravam de discutir entre si e viravam para Slink Jr, com os olhos brilhando e apontando suas lanças para o garoto.

Escamadris Guelraverde
- Faça isso parar garoto!
- Ou eu corto sua cabeça
- Assim não precisaremos mais ficar nesse lugar imundo não é galera?



...


...


...


- Galera?...

O homem peixe se virava para ver o motivo dos outros não o responderem, ele leva um susto que o faz cair de costas no chão perto de Slink, os corpos dos guardas agora estavam repletos de vermes e musgos, escorria gosma verde de suas bocas e nos lugares dos olhos restavam apenas as órbitas negras.

Escamadris Guelraverde
- MERDA! O QUE ESTÁ ACONTECENDO?! FAZ ISSO PARAR!!!

Slink Jr. também conseguia ver, a dor e angústia agravada nos rostos mórbidos das criaturas, eles caiam no chão espalhando vermes e gosma para todos os lados, os corpos já estavam congelados e mortos, da forma que estavam pareciam já estarem mortos a mais de uma centena de anos. Uma fumaça negra se materializava a frente do último guarda, estava tudo escuro, porém, a fumaça conseguia ser mais ainda, se destacando no meio da escuridão, uma imagem de uma mulher se materializava na mente de SLink, não é como se ele conseguisse vê-la ali na sua frente, era mais como se ele tivesse piscado e nesse segundo ele tivesse conseguido vê-la.




???
- Me tirem daqui...
avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Slink em 14/7/2017, 9:24 pm

Slink Jr. por um momento sentia que seria estuprado, entretanto, tudo estava correndo conforme o planejado e o garoto iria prende-los em uma jogada completamente estratégica. Mas isso quando de repente um vento gélido sopra na parte de baixo do barco e os piratas são simplesmente destruídos por completo. Aquilo não fazia parte do plano porém era uma ótima coisa.  Do nada, uma fumaça começa a surgir a partir dos corpos congelados e num piscar de olhos o ninja vê a imagem de uma mulher que pedia ajuda. Tudo estava absurdamente estranho e mais nada fazia sentido. O garoto começava a refletir sobre o que deveria fazer, então primeiramente respirava, parava por alguns segundos e ia até seu companheiro de cela tentando acorda-lo para perguntar:

Slink Jr.
--Acorda cara!
--Derrotei os piratas...
--Mas tudo isso está muito estranho... estranho até demais
--Você viu o mesmo que eu? Tem uma mulher pedindo ajuda!


"Isso não é possível!"
"Eu estou numa ilusão, essa é a única opção."


Slink utilizava Kai para sair de qualquer genjutsu que estivesse afligindo-o. Após isso, o mesmo criaria uma bola de luz que começaria a iluminar o local saindo daquela escuridão absoluta, desta forma, o menino aproveitaria para procurar alguma coisa e pegar a chave das selas no corpo do guarda. Para finalizar, o garoto fechava seus olhos e perguntava para o além tentado ver a imagem da mulher novamente:

Slink Jr.
--Quem está aí?


Chakra no Hikari (Luz de Chakra)
Descrição: Técnica simples em que o Shinobi concentra Chakra na palma de sua mão para formar uma pequena esfera de energia, que pode ser utilizada como uma lanterna.
Custo: 5 Chakra
Causa: =/=
Duração: Até ser desfeito

Kai (Cancelar)
Descrição:Um jutsu que
destrou/cancela um genjutsu ou ainda usado para parar o seu fluxo de
chakra. Nota:Antes de usar Kai você deve saber que está sendo alvo de
um genjutsu.
Custo: 3 de chakra
Causa: Cancela o genjutsu que está sendo usado no úsuario
Duração: 1 turno
Chance de acerto: 80%


avatar
Slink
Gennin
Gennin

Konohagakure
Mensagens : 1039
Pontos : 1119
Data de inscrição : 15/07/2015

Registro Ninja
Nome: Slink
Exp:
630/1500  (630/1500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Winter em 15/7/2017, 5:08 pm

A escuridão era intensa de forma que nem mesmo o chão aos seus pés podia ser visto, um vazio breu e nada além disso, a escuridão que rodeava o garoto diminui quando ele realiza o jutsu para escapar da ilusão, era uma ilusão de baixo nível, ao menos, a escuridão, pois a dor em sua cabeça volta a afetá-lo quando se vira para falar com seu companheiro, mais vozes sussurram em sua mente o impedindo de prosseguir.

???
- Você... Não pode sair daqui...
- Esta é minha casa...
- Levantem-se meus serviçais!

Do úmido solo, mãos esqueléticas brotavam, penetrando no casco como se fossem simples folhas de papel, as mãos se esgueiravam a procura de algo para se segurar, duas pegam nos pés de Slink Jr, outras seguravam em seu corpo cravando os ossos afiados ou restos mortais de suas unhas, o local passava a feder a carniça, como se tivessem aberto uma vala fechada a anos, os braços começavam a subir, agora Slink Jr conseguia ver rostos se levantando, corpos detonados, eram os mortos se levantando naquele navio, cobertos de vermes e pedaços de carne podre. O companheiro de cela de SLink Jr acordava repentinamente.

Ryuu
- Não...
- Não...
- NÃO SE APROXIMEM!

Ele estava de olhos fechados, o que podia sugerir estar sonhando com algo, mas o sonho de alguma forma conseguia machucá-lo, marcas de garrar aos poucos começavam a aparecer repentinamente em seu torço, ele continuava a se contorcer e o chakra aumentava, a aura daquela garoto era imensa que chegava a exalar fumaça de seu corpo, os braços tentavam se livrar das algemas e parecia estar conseguindo, a força daquele rapaz essava aumentando pouco a pouco assim como seu corpo.

Ryuu
- SAIAM DAQUI!

No momento de sua fala, as algemas se rompiam, todo o chakra acumulado explodia para fora, saltando chamas de seu corpo e seus olhos, seu grito provocava uma onda de chamas que incendiava toda a cela e rapidamente ia consumindo todo o corredor. Cinco caudas de chamas se formam nas costas do rapaz, ele se agachava e depois erguia os braços, fazendo brotar duas enormes asas de chamas, sua pele estava tomada por uma coloração avermelhada, tudo ao redor pegava fogo, Slink Jr não estava livre disso, ele começava a sentir seu corpo pegar fogo, queimaduras de terceiro grau rapidamente se formam em diversas partes de seu corpo, o incêndio tomava todo o navio, logo, não demora muito para que os piratas apareçam, explodindo as janelas e paredes parar chegarem rapidamente antes de perder o navio por completo.




Don Chihuahua
- O que está acontecendo aqui!?
- Homens, algemas de contenção!

Um dos guardas que pulava pela janela, empunhando uma espada de esgrima com o corpo peludo, a julgar pelos trajes se tratava de um mosqueteiro, com uma das mãos a criatura atirava com sua pistola, com a outra ele avançava com a espada, o tiro da arma chama a atenção de Ryuu para Don Chihuahua, tudo o que ele queria, outros da mesma espécie daquela criatura chegavam por trás de SLink Jr. eles carregavam uma algema grossa em seus braços e então atiravam encima do garoto, as algemas começavam a enrolar o garoto por contra própria, o chakra aos poucos ia sendo reduzido, sugado pela corrente, Don Chihuahua finalizava o selamento colocando o palmo sobre o peito do garoto e passando para seu corpo algumas escrituras.


Don Chihuahua
- Contido a tempo
- O navio sofreu sérios danos...
- Mas ainda pode prosseguir viagem

- ...
- Um dos prisioneiros foi seriamente ferido...
- Mandem chamar a bruxa, ela vai cuidar dos ferimentos dele e depois mandem-no para minha sala para que eu possa interrogá-lo.

A criatura saia da sala subindo pelo mesmo buraco na parede que havia causado, o companheiro de cela de Slink agora estava dormindo no chão da cela, Slink Jr era puxado pelos guardas, o toque bruto dos homens faz seus ferimentos arderem, uma estranha fumaça negra saia do corpo de Ryuu e entrava no corpo de Slink Jr. por seu nariz, como ato imediato, ele sentia uma forte dor de cabeça, e ao fechar os olhos ele podia ver a criatura dentro da sua cabeça.

???
- Você...
- Será...
- Meu lacaio...




- Pegue emprestado meu poder...
- E me tire daqui...!


Obtido:
Yoru Akuma no Henkan (Transformação - Demônio da Noite)
Descrição: É o terceiro nível da Transformação Yokai. O usuário ativa sua Kekkei Genkai transformando sua aparência, a pele do usuário fica com uma textura escamosa de cor branca e preta, o peito do usuário fica com uma fenda coberta de chakra Raiton concentrado que passa por todo o corpo do usuário através de linhas negras em formatos de raios. As unhas do usuário crescem virando garras e os dentes crescem virando presas, dois chifres crescem na cabeça do usuário capazes de lançar rajadas de raio, graças ao chakra Raiton passando por seu corpo o usuário é capaz de causar ataques elétricos fortes o suficiente para deixar um oponente imóvel. A força e resistência do usuário chegam ao seu máximo nessa transformação. 
Custo: 500 chakra
Causa: +500 For/+300 Agi/+500 Hab/+500 Dano em Raiton
Causa²: Oponente Imóvel
Causa³: Pode lançar rajadas de raio 
Nota¹: Não pode ser ferido por Jutsus Raiton, se for atacado por algum Jutsu Raiton o usuário absorve o Chakra usado no Jutsu para si, e o Dano do Jutsu é absorvido para ser adicionado pelo usuário em um de seus Jutsus Raiton
Duração: 3 Turnos/1 Turno (Oponente Imóvel)/Após o termino do 3° Turno o usuário não pode usar Jutsus Raiton e Jutsus da Kekkei Genkai por 1 turno
Limite: 3 Vezes por Combate (Oponente Imóvel)

Atenção: Esse jutsu foi obtido através de um NPC, não foi ganho e não poderá ser utilizado pelo personagem fora desta aventura, o jutsu tem a validade de apenas UM ÚNICO uso, use-o com sabedoria e no momento certo. 
avatar
Winter
Chuunin
Chuunin

Kumogakure
Mensagens : 1623
Pontos : 1705
Data de inscrição : 06/03/2016
Idade : 16
Localização : SP

Registro Ninja
Nome: Kemurida
Exp:
5470/10000  (5470/10000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Uma viagem sem volta

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum